terça-feira, novembro 29, 2011

As lições dos mestres

Andei a reler passagens de um livro que gosto muito e que me faz pensar, reflectir sobre a docência....


Na contracapa podemos ler:
" A necessidade de transmitir conhecimento e competências e o desejo de os adquirir são constantes da natureza humana. Mestres e discípulos, ensino e aprendizagem deverão continuar a existir enquanto existirem sociedades. A vida tal como a conhecemos não poderia passar sem eles. Contudo, há mudanças importantes em curso. [...] A computação, a teoria da informação e o acesso à mesma, a ubiquidade da Internet e da rede global envolvem muito mais do que uma revolução tecnológica. Implicam transformações de consciência, de hábitos de percepção e de expressão [...] O impacto sobre o processo de aprendizagem é já capital. [...] [Contudo] a aura carismática do professor inspirado, o romance da persona no acto pedagógico perdurará certamente [...] a sede de conhecimento, a necessidade profunda de compreender, estão inscritas no melhor dos homens e das mulheres. Tal como a vocação do professor. Não há ofício mais privilegiado"

No entanto, gostaria de sublinhar uma das minhas passagens favoritas:

" Ensinar com seriedade é lidar no que existe de mais vital num ser humano. É procurar acesso ao âmago da integridade de uma criança ou de uma dulto. Um mestre invade e pode devastar de modo a purificar e a reconstruir. O mau ensino, a rotina pedagógica, esse tipo de instrução que, é ruinosa. arranca a esperança pela raiz. O mau ensino é, literalmente, criminoso e, metaforicamente um pecado."

Boas leituras!

2 comentários:

Nazaré Oliveira disse...

Garantidamente, um livro que vou querer ler!
Obg, Júlia!
Bfs!

julia.m disse...

Vais ler e reler... durante muito tempo. É excelente e faz-nos pensar. Boa leitura!