sexta-feira, dezembro 17, 2010

El pez que sonreía


Fantástico!

3 comentários:

João Paulo Proença disse...

Júlia:

É simplesmente belo! Obrigado pela partilha

João

Maria Oliveira disse...

Já conhecia este belíssimo trabalho!

Uma mensagem de amor e respeito pela VIDA de TODOS os seres. Do tamanho do UNIVERSO.
Serenamente interiorizada pela beleza dos sons e pela ternura das cores e das figuras animadas.

Prestes a soltar-se num grito por um MUNDO MELHOR.

Um mundo onde a linguagem dos números e das máquinas não coloque o Homem de costas voltadas para a Mãe-Natureza!

Maria Oliveira disse...

Já conhecia este belíssimo trabalho!

Uma mensagem de amor e respeito pela VIDA de TODOS os seres. Do tamanho do UNIVERSO.
Serenamente interiorizada pela beleza dos sons e pela ternura das cores e das figuras animadas.

Prestes a soltar-se num grito por um MUNDO MELHOR.

Um mundo onde a linguagem dos números e das máquinas não coloque o Homem de costas voltadas para a Mãe-Natureza!