segunda-feira, março 12, 2007

A Menina Gigante

Esqueçam por instantes todas as histórias tristes com final feliz que leram e ouviram antes desta. Esqueçam, por favor, os patinhos feios, as princesas mal-amadas, as meninas ameaçadas por lobos terríveis, as crianças raptadas no mais cruel dos mundos. Esqueçam-nos, ainda que todos vos tenham feito sonhar e sorrir, que tenham embalado o vosso sono.Cada uma dessas histórias, vocês sabem, tratam de mundos fantasiosos, falsos, que não existem já e talvez não tenham existido jamais. Onde estão os castelos de fadas? E as bruxas? E os anões? Viram-nos?Claro que não; não existem.Esqueçam tudo isso, porque esta é uma história de verdade, sobre uma menina que talvez esteja sentada ao vosso lado, na escola, ou baloiçando, para lá e para cá, no baloiço desse parque onde agora tu estás.

Esta é a história de Ana Grande.
Este livro que foi escrito por pai e filha – ambos relatam uma série de coisas importantes que todos devíamos

saber para que a vida fosse mais simples, como por exemplo o aceitar a diferenças dos outros.
As ilustrações de Simona Traina, são muito coloridas e com alguma preocupação com o pormenor e uma especial atenção à expressividade das personagens.

Este é um livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.
Aqui está um bom livro para se praticar a " leitura transversal", tantas vezes esquecidas nas práticas lectivas.

Continuação... de boas leituras!!!


2 comentários:

MariaM disse...

Obrigado :)

Patricia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.